quarta-feira, maio 16, 2012

A boneca de crochê

Um homem e uma mulher estavam casados por mais de 60 anos.  
Eles tinham compartilhado tudo um com o outro e conversado sobre tudo.  
Não havia segredos entre eles, com exceção de uma caixa de sapato que a mulher guardava em cima de um armário e tinha avisado ao marido que nunca abrisse aquela caixa e nem perguntasse o que havia nela.  
Por todos aqueles anos ele nunca nem pensou sobre o que estaria naquela caixa de sapato.  
Um dia a velhinha ficou muito doente e o médico falou que ela não sobreviveria.  
Sendo assim, o velhinho tirou a caixa de cima do armário e a levou pra perto da cama da mulher.  
Ela concordou que era a hora dele saber o que havia naquela caixa.  
Quando ele abriu a tal caixa, viu 2 bonecas de crochê e um pacote de dinheiro que totalizava 95 mil dólares.  


Ele perguntou a ela o que aquilo significava, ela explicou;  
- Quando nós nos casamos minha avó me disse que o segredo de um casamento feliz é nunca argumentar/brigar por nada. E se alguma vez eu ficasse com raiva de você que eu ficasse quieta e fizesse uma boneca de crochê.  
O velhinho ficou tão emocionado que teve que conter as lágrimas enquanto pensava 'Somente 2 bonecas preciosas estavam na caixa. Ela ficou com raiva de mim somente 2 vezes por todos esses anos de vida e amor.' 
- Querida!!! - Você me explicou sobre as bonecas, mas e esse dinheiro todo de onde veio?  
- Ah!!! - Esse é o dinheiro que eu fiz com a venda das bonecas, só sobraram duas.

 ORAÇÃO:
"Senhor, dai-me sabedoria para entender meu marido, amor para perdoá-lo e paciência para aturá-lo, porque se eu pedir força, eu bato nele até matar, porque EU NÃO SEI FAZER CROCHÊ... Amém!!" 

Hahahahaa! Muito boa, né?!

Veja também:
- Casamento na 3a idade;
- O radinho da vovó;
- Muito cuidado ao querer saber a verdade...
- Homem filosofando sobre casamento!

Beijos.

2 comentários:

  1. Muito legal! kkkkkkkkkkkk .A oração é melhor ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! Fico feliz de alegrar, de fazer rir.

      Abraços,
      Cinthya

      Excluir

Olá! Sinta-se à vontade para comentar!