quinta-feira, agosto 25, 2011

As correntes que nos prendem

Se a gente parar bem para pensar, é isso mesmo. Às vezes, parecemos cavalos amarrados a cadeiras de plástico e achamos que estamos presos, sem saída, quando a saída está nas nossas mãos, é só querermos enxergar um pouquinho além...

Veja também:
- Suas correntes não funcionaram;
- Maravilhosa lição de vida;
- O marido e o cavalo;
- Você costuma julgar?

Beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Sinta-se à vontade para comentar!